Lapas, lavadeiras do rio Almonda
No princípio do século XX, não havia máquinas de lavar roupa nem torneiras de água canalizada dentro das habitações das pessoas comuns. O rio era um recurso inestimável para uma série de funções, incluindo as tarefas domésticas. Esta fotografia faz-nos recuar até uma época em que a roupa se lavava no rio e se estendia por perto, onde desse mais jeito. Eram as mulheres que se dedicavam a esta difícil tarefa, mais árdua no inverno, quando era preciso mergulhar as mãos na água gelada.

Calendário

Outros sites

Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes Ano Europeu do Património Cultural