Foi entregue no dia 29 de dezembro, o prémio Maria Lamas, edição de 2022, atribuído a Carina Raquel Mendes Jordão, pelo seu trabalho intitulado «As desigualdades entre mulheres e homens no mercado de trabalho e a sua mediação: contributos de um novo indicador composto para os países da EE-28».
O prémio Maria Lamas para estudos sobre a mulher, género e igualdade, de periodicidade bienal e promovido pelo Município de Torres Novas, evoca a figura de Maria Lamas, perpetuando o seu testemunho de lutadora pelos direitos das mulheres portuguesas.
Com um valor pecuniário de 3000 euros, pretende-se ainda contribuir para o desenvolvimento do conhecimento numa perspetiva de transversalidade e pluralidade e reconhecer estudos académicos e científicos realizados em Portugal, produzidos por autores portugueses ou estrangeiros.
Inês Brasão, membro do júri, não pôde estar presente na sessão que decorreu no Museu Municipal Carlos Reis, mas remeteu uma mensagem que foi lida na ocasião. «Só existem boas razões para que estudos na área das mulheres, género e igualdade continuem a ser celebrados e difundidos. O Prémio Maria Lamas tem vindo a desempenhar esse papel no panorama nacional, colaborando ativamente na perceção da importância desta área da vida social e humana para todas e todos. (...)
É com muito entusiasmo que, este ano, é premiada uma obra da autoria de Carina Jordão. A arte ou saber de medir realidades e comportamentos é algo de muito difícil alcance. Necessita do cruzamento de baterias de dados muito volumosas, de bastante análise crítica para atingir um resultado. Este estudo dedica-se a esse problema fundamental: permitir que a mensuração, o quantitativo e aquilo que é da ordem dos números, e que muitas vezes opomos àquilo que é a vida da real das pessoas possa, de facto criar soluções e ajudar a dar maior clarividência a planos submersos e invisíveis no trabalho e na vida social. Permite ainda melhorar a capacidade de comparar realidades no quadro da União Europeia, algo que nem sempre é tomado em conta nas apressadas políticas dessa entidade que também nos representa.(...)»
O presidente da Câmara Municipal de Torres Novas, Pedro Ferreira, realçou que «apesar dos progressos, esta temática continua a ser um desafio e, nesse sentido, deixo aqui o nosso compromisso de que iremos continuar a promover este prémio e a defender este tema».
A premiada Carina Jordão agradeceu ao Município de Torres Novas a atribuição do prémio, às instituições que tornaram possível esta tese de doutoramento, às suas orientadora pelo «trabalho incansável», à FCT - Fundação para a Ciência e Tecnologia que financiou a investigação e, por fim, a toda a sua família e amigos que a apoiaram nesta caminhada.

Calendário

Eventos

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

Outros sites

Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes Ano Europeu do Património Cultural