Autores torrejanos II – José Lopes dos Santos (1889-1972)

José Lopes dos Santos nasceu em Torres Novas, em abril de 1889. Foi particularmente conhecido pela sua dedicação à causa do associativismo, à música e ao teatro, tendo dirigido a Associação dos Caixeiros de Torres Novas, o Centro Republicano Cinco de Outubro e, durante 32 anos, a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários Torrejanos. Das suas «Poesias», publicado em 1972, escolhemos uma entre as previamente selecionadas por Joaquim Bicho na «Colectânea de Textos de Autores Torrejanos».

 «Irmão cavador

Regas com suor

a terra dura.

 

Apesar de incerto o teu destino

raras vezes és triste,

porque és forte como a terra.

 

O dia que te abate, que te aterra,

que enche a tua casa de amargura,

é quando a chuva cai impertinente

e te imobiliza em casa a enxada

abandonada

e a lareira sem brasa.

 

Escrevem-se poemas

rendendo ao teu perfil

e ao teu esforço viril

lirismos exaltantes.

 

Mas nos teus braços ficam as algemas

dessa mentira hostil

de frases cintilantes.»

 

BICHO, Joaquim Rodrigues, «Colectânea de textos de autores torrejanos (séculos XV-XX)» [introdução e notas de Margarida Moleiro]. Torres Novas: Município de Torres Novas, 2006, pp. 343-346

Fotografia – in Caldas, Abel Lemos, António Ferreira Borges, «Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários Torrejanos. Os 87 anos dos Bombeiros em Imagens». Torres Novas: Município de Torres Novas e AHBVT, 2019, p. 265

Calendário

Eventos

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.

Outros sites

Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes Ano Europeu do Património Cultural