Vitor Duarte ("Xarepa"), antigo operário em construção, ícon da música pop em expressão local, verdadeira imagem do músico popular e que perfaz, este ano, meio século de palcos, sendo por isso, em longevidade, um caso raro de amor à música, vai tocar e cantar ao Museu Carlos Reis, uma casa de memórias e heranças da comunidade, no próximo dia 29 de junho, às 21h30. Vitor Xarepa não vai cantar ao museu por ser uma qualquer peça antiga do panorama local da música popular: é porque o seu longo e persistente trajecto musical, atravessando gerações, reconfigurando à sua maneira as camadas que compõem a aventura da música popular das últimas cinco décadas, fazem dele, nesse contexto, uma figura tutelar da nossa comunidade. E o museu, para além de palco de memórias e patrimónios, é também o ponto de encontro das expressões vivas da comunidade, naquilo que elas têm de diálogo universal em tempo longo. Em 1968, quando começo

20 JUNHO, dia do aniversário da fundação do Museu //81 anos

10h30 visita à reserva arqueológica municipal – Rodrigos (participação no programa nacional da organização Acesso Cultura "Portas Abertas")

15h30 comemorando com os vizinhos – participação do Conservatório de Música do Choral Phydellius

16h00 visita às reservas do Museu municipal Carlos Reis (participação no programa nacional da organização Acesso Cultura "Portas Abertas")

Calendário

Eventos

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.

Torres Novas

Outros sites

Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes Ano Europeu do Património Cultural