Doação João Espanhol

A “Casa Espanhol”, especializada em cofres e fechaduras, ou na arte de afiar lâminas de tipografia, foi, durante décadas, referência comercial em Torres Novas. João José Lopes, por todos conhecido como “João Espanhol”, tornou-se, juntamente com os seus irmãos, responsável pela loja de amolar quando tinha apenas 11 anos, na sequência da morte do pai, proprietário da loja, que havia iniciado o negócio em espaço situado no r/c do antigo Cineteatro Virgínia. A “Casa Espanhol” foi, até ao seu encerramento em maio de 2018, o estabelecimento comercial mais antigo da cidade torrejana.

 

Doação Luís Rodrigues

Luís Rodrigues, artista plástico de referência internacional, nascido em Torres Novas mas atualmente a residir em Savigny-sur-Orge, em França. Travou conhecimento e fez escola com os pintores Robert Le Guinio e Marcel Roussi; entre 1974 e 1980 revelava ao público pela primeira vez os seus trabalhos em exposições internacionais. Professor de artes plásticas na escola de Savigny/Orge, de 1990 a 2008, realizou mais de uma centena de exposições individuais e coletivas por toda a Europa, e é um dos principais artistas a integrar eventos culturais de promoção de Portugal fora de portas. Foi agraciado com numerosos prémios e distinções internacionais. Participou, até hoje, em mais de 160 exposições coletivas e bienais de arte, e em mais de 50 exposições individuais em toda a Europa

Calendário

Eventos

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Torres Novas

Outros sites

Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes Ano Europeu do Património Cultural