Autores torrejanos II – José Lopes dos Santos (1889-1972)

José Lopes dos Santos nasceu em Torres Novas, em abril de 1889. Foi particularmente conhecido pela sua dedicação à causa do associativismo, à música e ao teatro, tendo dirigido a Associação dos Caixeiros de Torres Novas, o Centro Republicano Cinco de Outubro e, durante 32 anos, a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários Torrejanos. Das suas «Poesias», publicado em 1972, escolhemos uma entre as previamente selecionadas por Joaquim Bicho na «Colectânea de Textos de Autores Torrejanos».

Carlos Reis utiliza a técnica de pintura a óleo na maioria dos seus trabalhos, embora tenha experimentado outras no seu percurso criativo.

Exemplo disso é a imagem desta água forte, “Cabeça de Velho”, datada de 1905

Está depositada no nosso museu e Integra o núcleo expositivo de longa duração dedicado a Carlos Reis

Lembrando “As mulheres do meu País” da torrejana Maria Lamas, aqui fica uma das fotografias por si tirada em Aveiro, na Costa Nova, 1947.
Uma fotografia de mulheres que se preparam para a venda do peixe, numa retratação destas mulheres numa das muitas tarefas diárias que lhes cabia enquanto os homens andavam no mar.

 

TORRES NOVAS
CASTELO
8 DE JULHO A 26 DE SETEMBRO

HORÁRIO – 10:00 – 17:00 | Segunda a Domingo
CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA – M/6

Do castelo de Torres Novas, partimos para um périplo pelos castelos da Ordem do Templo em Portugal, num vídeo inédito da Direção-Geral do Património, realizado a partir do estudo de vinte e oito castelos e duas atalaias construídas pela Ordem.

 "Não foi minha intenção" é uma exposição de Duarte Correia, João Faria, Pedro Marujo e Tomé Mira, com curadoria de Mafalda Duarte Barrela, e é o resultado do trabalho que os quatro artistas realizaram no âmbito da primeira edição das Residências Criativas Novas Artes, inseridas no programa de arte contemporânea emergente do Município de Torres Novas, o EMERGÊNCIA.


Neste projeto, os criativos torrejanos exploraram o território local, os seus materiais, paisagens, vivências e memórias de formas plásticas diversas, numa mostra que inclui pintura, fotografia, escultura e cruzamentos entre estas disciplinas. O processo criativo foi questionado, assim como a intencionalidade que existe (ou não) durante o mesmo na conceção de significado.

"Não foi minha intenção" é, assim, o culminar de uma troca de experiências e fruição criativa intensiva, na forma de mostra expositiva pop-up.

______________________

Inauguração
Sexta-feira, 27 de agosto de 2021 às 18h00

Localização: 
Praça do Peixe, Rua Atriz Virgínia, Torres Novas
 
Patente durante
Sábado, 28 de agosto de 2021 das 10h00 às 22h00
Domingo, 29 de agosto de 2021 das 10h00 às 20h00
 

Calendário

Eventos

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.

Outros sites

Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes Ano Europeu do Património Cultural