O Museu Municipal Carlos Reis, em Torres Novas, possui nas suas coleções uma peça importantíssima a nível internacional, um pianoforte de Mathias Bostem que pertenceu a Carlos Reis. Por ocasião da celebração do aniversário do pintor no passado ano, promoveu-se uma sessão dedicada a este instrumento musical, explicando-se questões de mecanismo, funcionamento e importância histórica e museológica.

Afinal, o que é um pianoforte? O que define esta peça como um objeto de tamanha raridade?

Philippe Marques nasceu em 1991 em Lausanne, Suíça. Durante o seu percurso frequentou o Conservatório Regional Silva Marques, a Escola de Música do Conservatório Nacional e a Escola Superior de Música de Lisboa, onde terminou o Mestrado em Música com a máxima classificação. Já se apresentou como solista em Portugal, França, Brasil e EUA. Participa regularmente em recitais gravados pela Antena 2 e na sua discografia contam-se a integral das sonatas para piano de J. D. Bomtempo, num total de quatro discos, bem como um CD com obras de câmara de Ruy Coelho. Paralelamente, desenvolve actividade como professor de piano na Escola Artística de Música do Conservatório Nacional e na Escola Profissional da Metropolitana.

 O ciclo Conversas com Música no Museu é um conjunto de sessões que visam dinamizar, ao nível artístico e científico, o Museu Municipal Carlos Reis (Torres Novas).

Este ciclo é organizado e dinamizado cientificamente por Luzia Aurora Rocha, investigadora da Universidade NOVA de Lisboa (NOVA FCSH/CESEM) e consultora científica do Museu Municipal Carlos Reis (MMCR) e da Casa dos Patudos Museu de Alpiarça para as áreas da Música e Musicologia.

1. Um programa Mobilizador

Em 2008 a Assembleia da República aprovou a Convenção para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial, adoptada pela UNESCO em 2003. A publicação do decreto - lei nº 139/2009, de 15 de Junho, que estabelece o regime jurídico de salvaguarda do património cultural imaterial (OCI), e da portaria nº196/2010, de 9 de Abril, que define normas para os procedimentos de inventário do PCI, veio finalmente criar condições para que, a nível nacional, se pudessem dar passos decisivos na recolha e constituição de uma base de dados do PCI português.
As tradições e expressões orais, as expressões artísticas, as práticas sociais, rituais e eventos festivos, que entre outros aspectos da cultura popular, são realidades há muito recenseadas e estudadas por etnógrafos e antropólogos. Importava agora, projectar o que de mais singular ainda subsiste como manifestações vivas do PCI no nosso país.
Entretanto, este projecto tem sido pretexto para que, a nível local se tenham promovido programas de recolha ou de sistematização do património cultural imaterial, enriquecendo os acervos museológicos locais: ao objecto, junta-se agora a palavra, o gesto os saberes, os rituais.
Em Torres Novas, cabe ao Museu Municipal protagonizar este programa, ainda mais mobilizador porque, à base de dados do PCI do concelho, se associam acções mais vastas e abrangentes.


2. Registos da Memória - Ir mais além!

Arquivo do tempo presente

Histórias de vida:
Cada vida tem o mundo dentro e cada história de vida conta um fragmento do mundo. O acervo documental de histórias de vida vídeo-gravadas - a que se juntam fotografias e documentação pessoal dos entrevistados - constitui um fundo local de memórias de um passado ainda agarrado a este tempo e que se vai juntando, no museu, ao seu património material.

Na sessão, será entregue o prémio relativo à edição deste ano de 2016 do Prémio Maria Lamas de Estudos sobre a Mulher, o Género e a Igualdade, a Virgínia Baptista, autora da tese de doutoramento vencedora "Protecção e direitos das Mulheres Trabalhadores em Portugal (1880-1940)."

Dia 9 de Julho às 16 horas no Museu Municipal Carlos Reis.

O escritor José Luís Peixoto apresentou o seu novo romance Galveias no Museu Municipal de Torres Novas.

Casa cheia para ouvir J.L. Peixoto e as suas memórias de um tempo e de um lugar tão real quanto ficcionado, Galveias.

No dia 8 de novembro, o museu abriu as portas a esta colecção de bens imateriais: as narrativas das manifestações intangíveis da cultura portuguesa, que se constituem em memórias colectivas, espaços e tempos de uma comunidade.

Calendário

Outros sites

Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes Ano Europeu do Património Cultural