Museu Municipal Carlos Reis - Torres Novas

Placa de Xisto
Neolítico

Home > Notícias > Torres Novas assinalou o Dia Internacional de Monumentos e Sítios

Torres Novas assinalou o Dia Internacional de Monumentos e Sítios

19-04-2011

Torres Novas assinalou o Dia Internacional de Monumentos e Sítios

Participantes de todas as idades fizeram parte do grupo que não quis deixar de assinalar o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios.

Participantes de todas as idades fizeram parte do grupo de pessoas que não quis deixar de assinalar o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios através das iniciativas promovidas em articulação pelo Arquivo Municipal, Museu Municipal Carlos Reis e a Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes e com o apoio da Santa Casa da Misericórdia de Torres Novas.
Este ano, no âmbito da valorização do tema da Água como Património Natural, organizou-se um passeio cultural com destino à capela do Vale, que incluiu o percurso pelo centro da cidade (antiga Rua da Levada) com paragem na tarambola e na ponte sobre o rio Almonda. O rio como elemento estruturante da riqueza da vida económica e social da cidade e do concelho apresenta-se no local como recurso essencial do que foi a produção de energia eléctrica através da Central hidroeléctrica e como elemento de irrigação.
Do programa fez ainda parte a visita comentada à capela do Vale, conduzida pelo historiador torrejano Joaquim Rodrigues Bicho, autor de diversos estudos sobre o património histórico e artístico torrejano. Ao longo de cerca de uma hora foi possível conhecer melhor aquele que é considerado o templo mais antigo do concelho. Entre os elementos de destaque da capela, cuja fase de construção se estima entre os anos de 660 e 715, contam-se a entrada alpendrada e a simplicidade do seu estilo românico, da era visigótica. As esculturas de pedra policromada e os azulejos seiscentistas trazidos da capela de Monserrate (Meia Via) constituíram também factores de especial interesse durante a visita. Joaquim Rodrigues Bicho chamou a atenção para a necessidade de sensibilização de todos para a protecção e salvaguarda do património cultural de Torres Novas e destacou na capela do Vale, em termos artísticos, o pórtico medieval e o arco em ogiva no interior encimado pelo Brasão dos Almeidas.
Durante o período da tarde, a partir das 14h30 os participantes puderam assistir a uma apresentação das fotografias históricas do rio Almonda e a uma visita ao depósito da documentação com valor histórico.

Agenda

Destaque

Destaque do Mês

Mário Cesariny, Um Desmesurado Desejo de Amizade

Mário Cesariny, Um Desmesurado Desejo de Amizade

Exposição na celebração do 10º aniversário da morte de Mário Cesariny - 8 de Abril a 11 de Junho
ler mais

Notícia

Saídos da caixa

01-01-2016

Saídos da caixa

Saídos da caixa
ler mais

Newsletter

Arquivo de newsletters