Museu Municipal Carlos Reis - Torres Novas

Fato de Bandarilheiro
Escola Mário Leão

Home > Notícias > Torres Novas assinalou o Dia Internacional de Monumentos e Sítios

Torres Novas assinalou o Dia Internacional de Monumentos e Sítios

19-04-2011

Torres Novas assinalou o Dia Internacional de Monumentos e Sítios

Participantes de todas as idades fizeram parte do grupo que não quis deixar de assinalar o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios.

Participantes de todas as idades fizeram parte do grupo de pessoas que não quis deixar de assinalar o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios através das iniciativas promovidas em articulação pelo Arquivo Municipal, Museu Municipal Carlos Reis e a Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes e com o apoio da Santa Casa da Misericórdia de Torres Novas.
Este ano, no âmbito da valorização do tema da Água como Património Natural, organizou-se um passeio cultural com destino à capela do Vale, que incluiu o percurso pelo centro da cidade (antiga Rua da Levada) com paragem na tarambola e na ponte sobre o rio Almonda. O rio como elemento estruturante da riqueza da vida económica e social da cidade e do concelho apresenta-se no local como recurso essencial do que foi a produção de energia eléctrica através da Central hidroeléctrica e como elemento de irrigação.
Do programa fez ainda parte a visita comentada à capela do Vale, conduzida pelo historiador torrejano Joaquim Rodrigues Bicho, autor de diversos estudos sobre o património histórico e artístico torrejano. Ao longo de cerca de uma hora foi possível conhecer melhor aquele que é considerado o templo mais antigo do concelho. Entre os elementos de destaque da capela, cuja fase de construção se estima entre os anos de 660 e 715, contam-se a entrada alpendrada e a simplicidade do seu estilo românico, da era visigótica. As esculturas de pedra policromada e os azulejos seiscentistas trazidos da capela de Monserrate (Meia Via) constituíram também factores de especial interesse durante a visita. Joaquim Rodrigues Bicho chamou a atenção para a necessidade de sensibilização de todos para a protecção e salvaguarda do património cultural de Torres Novas e destacou na capela do Vale, em termos artísticos, o pórtico medieval e o arco em ogiva no interior encimado pelo Brasão dos Almeidas.
Durante o período da tarde, a partir das 14h30 os participantes puderam assistir a uma apresentação das fotografias históricas do rio Almonda e a uma visita ao depósito da documentação com valor histórico.

Agenda

Destaque

Destaque do Mês

Os nossos homens foram à Guerra. Torrejanos na Grande Guerra.

Os nossos homens foram à Guerra. Torrejanos na Grande Guerra.

Através de imagens, documentação e objectos, “Os nossos homens foram à guerra” devolve aos torrejanos da vila e do concelho testemunhos e memórias do que foi a participação torrejana na Grande Guerra (1914/1918).
ler mais

Notícia

Peça do mês

01-01-2017

Peça do mês


ler mais

Newsletter

Arquivo de newsletters